38. EXPERIÊNCIAS VIVIDAS: KAIZEN

É muito gostoso falar com grandes amigos que foram conquistados em nossas jornadas conjuntas de trabalho. Hoje conversei com o Engenheiro Civil e também da Segurança do Trabalho, Jair Jubanski. Você já o conhece, pois existe uma matéria sobre o 8S – Estratégias para Aumento de Competitividade, que havia acontecido na Cassol Pré-Fabricados de Araucária: falávamos do Dia D e o Jair era o Técnico de Segurança naquela época, participando intensamente nessa mudança física e mental.

Hoje o Jair trabalha numa empresa de pré-fabricados e estruturas metálicas como Gerente de Obras, podendo atuar na fabricação e segurança simultaneamente.

Vou contar uma coisa bem simples e de maneira simplificada da aplicação da metodologia Kaizen – Melhoria Contínua. Sendo muito simplista, o Kaizen tem em mente, que o dia de hoje é melhor que o de ontem, amanhã será melhor que hoje e assim incessantemente, aplicado por todos os que trabalham em qualquer atividade. Não precisa ser uma melhoria genial, pois nem sempre as temos, mas pequenas melhorias, que vão se somando e tornando você e sua empresa, IMBATÍVEIS!

Quase todas as obras, no início de sua gestão, tinham problemas nos processos de montagem. Peças eram descarregadas de qualquer forma, armazenadas inadequadamente e dificultava enormemente o sequenciamento das montagens no campo. Parece uma bobagem, mas sabem onde estava o problema? No motorista que fazia a carga, o transporte e a descarga. Razão? Ele era SÓ MOTORISTA! Os problemas de montagem, não eram com ele. Ele alegava que não ganhava para isso.

Solução simples mas com excelentes resultados. O antigo motorista foi substituído por um motorista montador, com grande experiência em obras. Ele recebia o projeto e a programação de carga com a relação de todos os componentes para a montagem, preparada pelo gerente de obras. Descarregava numa sequência, que minimizava riscos potenciais de acidentes e principalmente, num ordenamento lógico da montagem.

Isso trouxe como consequências:

  • Redução de tempos da montagem
  • Velocidade sequencial da montagem
  • Eliminação de tempos de espera
  • Eliminação de desperdícios com remanejamentos
  • Redução de custos
  • Acidente zero
  • Aumento de produtividade
  • Satisfação do cliente

Outra coisa gostosa de lembrar foi sobre a evolução na carreira do Jair. Em 2.012 surgiu uma oportunidade para a contratação de engenheiro de segurança. Ele perdeu essa oportunidade, por não ter a formação necessária para o cargo. Tanto o chefe dele, Eng. Rodrigo Zicarelli como eu, o estimulamos para fazer engenharia e nunca mais deixar passar oportunidades para melhoria de cargos e salários, além da realização profissional e pessoal.

Hoje o vemos despontar nessa área da engenharia, graças à sua inteligência e força de vontade para vencer barreiras e ser um exemplo na área em que atua.

Temos no IBC – Instituto Brasileiro para a Competitividade, mais de 140 treinamentos voltados para a COMPETITIVIDADE. Já atuamos desde o Rio Grande do Sul até o Rio Grande do Norte, em quase 60 ramos de atividades diferentes e 130 empresas diferentes. Não hesite em falar conosco: Volaco – whats 41.98814.8122.