35. EXPERIÊNCIAS VIVIDAS: CÉLULAS AUTOGERENCIÁVEIS SP – Episódio 1

Vamos mostrar agora uma nova evolução que introduzimos na Brigada de Emergência das Fábricas de Santa Helena e Salto, pertencentes à Votorantim Cimentos, onde eu era o Gerente Geral e convidei o Técnico de Segurança da época e hoje Adm. Jose Vitor para me auxiliar a desenvolvê-las.

Você já deve saber, mas vou reforçar uma curiosidade sobre o nome de uma cidade que vou falar várias vezes: VOTORANTIM = Grande Espuma Branca.

Além do treinamento detalhado de prevenção e combate a incêndio dos 35 brigadistas rigorosamente selecionados dentre os voluntários, prevenção de acidentes de trabalho e atendimentos absolutamente seguros caso ocorressem, percebemos que as cidades onde estavam inseridas as fábricas, eram muito carentes em vários itens e aí nossos brigadistas começaram a atuar também.

Alguns exemplos:

  • APAE da cidade de Votorantim – SP: plantio de pomares, eliminação de desperdícios de energia elétrica e água, páscoa, natal, limpeza e arrumação e outros itens, com a presidente Prof.Gina em absoluta sintonia conosco.
  • Secretaria de Saúde de Votorantim – SP: vacinação antirábica e combate à dengue.
  • Crianças moradoras das vilas residenciais de nossos colaboradores e de terceiros, no combate à dengue.
  • Limpeza das margens do Rio Sorocaba e plantio de árvores nativas na sua margem como reforço da mata ciliar.
  • Maçonaria: apoio a um evento chamado de “futebode” em nossa prainha, com direito ainda a visita ao orquidário/bromeliário e à lavra subterrânea.
  • Limpeza do lixo jogado por usuários relapsos da estrada de ligação entre as fábricas de Santa Helena e Salto.
  • Apoio em combate à incêndios florestais em matas de nossos municípios.

Poderíamos ir mais longe, mas vamos deixar para amanhã. Vale destacar que vários brigadistas desenvolveram projetos de melhorias brilhantes. Iríamos longe falando disso. Um TIME que fazia a famosa “MILHA EXTRA” (The extra Mile é uma expressão que quer dizer aquelas pessoas que dão aquele a mais, aquele que não foi pedido; aquela milha extra de esforço no final da maratona).

Dá saudades!