8S – Capacitação, educação e treinamento

Organizações de sucesso precisam ter seu TIME absolutamente capacitado em ferramentas de gestão que contribuam efetivamente para a busca permanente da Excelência dos Resultados. Algumas pensam. Mas eu já treinei minha equipe há 2 anos atrás e não deu resultado. Gastei dinheiro e não obtive retorno. Não querendo ser o dono da verdade: este é o meio mais rápido para o insucesso, ou na melhor das hipóteses, com a obtenção de alguns até bons resultados, mas esporádicos. Capacitar, educar e treinar tem que ser um processo contínuo, como prega o Kaizen.

Destacamos neste segundo dos 8S, alguns poucos pontos para que possa refletir sobre o assunto e  poder agir mais decisivamente se quer ser a melhor empresa naquilo que faz:

  1. TODOS os colaboradores devem ser treinados não só naquilo que fazem, mas também no que tem potencial e poderão vir a fazer. O TIME deve estar preparado para todas as circunstâncias que potencialmente podem ser planejadas ou vierem a acontecer imprevistamente. Não adianta se desesperar quando surge uma situação inesperada e sua organização perde a oportunidade por não estar apta, a dar um salto na frente de todos os concorrentes.
  2. O treinamento e desenvolvimento devem ser contínuos (Kaizen). É inconcebível que isto aconteça por crises. A não ser que se contente em ser apenas um sobrevivente em estado de estagnação e na iminência de desaparecer.
  3. A filosofia é capacitar os colaboradores para serem “os melhores do mundo” naquilo que fazem. Este é um comportamento das empresas de sucesso, que podem sobreviver a todas as crises, de forma permanente. As melhores ainda, se antecipam e não sentem as crises.

O IBC – Instituto Brasileiro para a Competitividade tem dezenas dessas ferramentas que podem auxiliá-lo a ser um case de sucesso permanente. Conte conosco. Nos contate quando quiser que estarmos prontos para ouvi-lo e o auxiliar no encontro da melhor ou das melhores ferramentas para cada circunstância.