CÉLULAS DE APOIO FÁBRICA ITAJAI SC – Episódio 1

CÉLULAS DE APOIO FÁBRICA ITAJAI SC – Episódio 1

“A cada pequeno evento que eu lembrar ou for lembrado, vou repartindo esta experiência com você.”

 

Células de apoio – Episódio 1

Quando fui designado para gerenciar a Fábrica de Itajaí – SC pertencente à Votorantim Cimentos, tinha algumas incumbências muito fortes. Vou citar duas: a) melhorar o nosso relacionamento com a comunidade; b) tornar a fábrica muito mais competitiva. Vou me ater mais na primeira incumbência para ser mais sintético.

Aqui vi que precisaria montar imediatamente uma Brigada de Emergência e logo solicitei o apoio do Técnico de Segurança na época, Jose Vitor. E fomos definindo várias coisas baseadas na realidade da Fábrica Itajai, que tinha entre colaboradores próprios e terceiros, 124 pessoas (terminamos em 50 após 3 anos e com a minha transferência para a Fábrica de Santa Helena e Salto – SP). Selecionamos 25 voluntários, de todos os turnos e incluímos alguns que trabalhavam na Mina de Macacos, que fornecia calcário para a fábrica. Vimos também, que a função desse novo time, seria prevenção e combate a incêndios e redução de riscos de acidentes, mas vimos também que eles poderiam atuar em seus postos de trabalho, em: limpeza, arrumação, qualidade e melhorias de procedimentos operacionais. Dessa forma, criamos as CÉLULAS DE APOIO e fomos evoluindo para CÉLULAS AUTOGERENCIÁVEIS.

A empresa era muito mal vista pela comunidade e principalmente, pela vizinhança. Havia inclusive um vereador que assumiu um compromisso com seu eleitorado e vizinho à fábrica, para fechá-la.

Fomos conhecendo nossos pontos fracos e eliminando um a um aqueles prioritários que prejudicavam nossos vizinhos e incomodavam a cidade de Itajai. Medidas simples e quase sem custo, em função do elevado nível de motivação e dedicação de todos, mas principalmente dos componentes da Célula de Apoio, com total aderência das chefias e dos demais colaboradores.

Já contei muito hoje. Vou deixar um pouco para os próximos episódios. Seja nosso convidado.