CÉLULAS DE APOIO FÁBRICA ITAJAI SC – Episódio 3

CÉLULAS DE APOIO FÁBRICA ITAJAI SC – Episódio 3

“A cada pequeno evento que eu lembrar ou for lembrado, vou repartindo esta experiência com você.”

Células de apoio – Episódio 3

Hoje iremos encerrar este episódio sobre a CÉLULA DE APOIO da Fábrica Itajai – SC – Votorantim Cimentos. Como você já sabe, o comandante supremo desses VALOROSOS VOLUNTÁRIOS BRIGADISTAS, era o Técnico de Segurança da época e hoje Adm. Jose Vitor.

Nossa integração com o Corpo de Bombeiros era tão estreita, que fazíamos plantão voluntário de 24h, realizando todas as atividades que os bombeiros faziam. Num dos meus plantões, até louça do almoço eu lavei. Fiz também treinamento de mergulho num reservatório próprio que eles possuem em suas instalações. Um de nossos brigadistas fez o atendimento de uma ocorrência utilizando um helicóptero. Encurtando a história, mesmo depois de extinta a brigada, ele continuou fazendo plantão voluntário no Corpo de Bombeiros por mais alguns anos.

Fizemos uma simulação de acidente com queda em altura de um colaborador no pavilhão de clinquer, com a participação da ambulância do Corpo de Bombeiros e dos brigadistas, que só ficaram sabendo que era uma simulação, na hora que a ambulância retornou após ter saído pela nossa portaria. Então, reunimos todos os brigadistas e discutimos os pontos fortes e os a melhorar de nossa atividade. Tudo foi filmado, para que pudéssemos nunca mais repetir os erros cometidos  nessa simulação.

Um evento grande que fizemos por 2 anos consecutivos, foi a limpeza da margem direita do Rio Itajaí, 2km rio acima e 2km rio abaixo, com a participação do Corpo de Bombeiros, alunos da Grupo Escolar, escoteiros, familiares de nossos colaboradores, colaboradores de empresas vizinhas, estaleiro naval (nos cederam uma barcaça com piloto para carregarmos o lixo retirado do rio) e brigadistas. Toneladas (1,5 na primeira e 1,65 ton na segunda) de pneus, plásticos, móveis, sucata de automóveis furtados e desovados no rio, brinquedos e tudo que imaginar de tranqueira que os moradores ribeirinhos despejavam no rio.

Ainda não contei que após várias melhorias em nossas instalações, convidamos o Prefeito e seu Secretariado, para nos visitarem e conhecerem nossa nova realidade. Assim, visitando tudo e após fazermos uma apresentação de nossa Fábrica da Votorantim Cimentos, puderam ver nosso zelo com segurança, meio ambiente e a qualidade de nossos produtos e serviços. Um dos Secretários era amigo pessoal do vereador que queria fechar a fábrica. Perguntou se ele poderia trazê-lo para uma visita. Assim, pudemos otimizar nosso relacionamento não só com esse vereador, mas com vários pertencentes à Câmara Municipal. Nossa imagem na comunidade nunca foi tão forte quanto nessa época. FAZÍAMOS E MOSTRÁVAMOS.

Poderíamos contar muito mais coisas, mas agora chega. Nos nossos próximos episódios falaremos da Brigada das Fábricas de Santa Helena (Votorantim – SP) e Salto (Salto de Pirapora – SP). Novas fábricas. Novas filosofias, acompanhando a experiência acumulada e customizando para o grande porte dessas duas empresas que gerenciei juntas.