PROCEDIMENTOS OPERACIONAIS E ENGESSAMENTO DA EMPRESA

VIRANDO A PRÓPRIA MESA – Episódio 44

Virando a própria mesa: Ricardo Semler

PROCEDIMENTOS OPERACIONAIS E ENGESSAMENTO DA EMPRESA

Se prepare, pois aqui vem um princípio que discordo totalmente do nosso guru Ricardo Semler. Acredito mesmo, que ele pense totalmente diferente hoje, do que ele cria.

  • “Segure o sargento que existe dentro de todos nós
    • Como normas e procedimentos são outra doença mental da empresa – categoria fobia – vale a pena repetir aqui alguns preceitos. Os manuais de políticas e regulamentos são criados com base no pensamento de que, se a empresa conseguir colocar tudo por escrito, será mais objetiva, padronizará procedimentos e condutas, homogeneizará maneiras de proceder, instruirá novatos e lançará interna e externamente uma imagem única e coesa. Bonito, não? Em quartel pega muito bem – pág. 186
    • Porém, isso faz esquecer que a empresa, para sobreviver, precisa se adaptar constantemente, e portanto deve dar a seu pessoal campo para crescer, inovar e descartar coisas antigas na troca por ideias novas – pág. 186
    • Respire fundo, crie coragem e jogue uma folhinha por dia do manual de normas e procedimentos no lixo – pág. 186

Sabemos modernamente que sem normas e procedimentos, não conseguiremos a REPETIBILIDADE daquilo que fazemos bem, sejam produtos ou serviços, mesmo com a troca de colaboradores.

Mas muitos podem pensar: mas isso não engessa a empresa? A ISO 9001-2015 nos ensina que o procedimento que não for revisado em seis meses, é algo que não está sendo colocado em prática. Sempre haverá possibilidade de melhoria e o procedimento operacional é dinâmico. Precisa ser otimizado constantemente, pois sempre haverá oportunidades de melhorias.

Kaizen é uma palavra chave.

Contate-nos via site www.ibc-competitividade.com.br ou pelo whats 41.98814.8122 que estamos prontos para estabelecer em conjunto, uma excelente estratégia de implantação desta e de vários tipos de ferramentas de gestão para aumento de COMPETITIVIDADE..