Segurança é inegociável – Episódio 09

SUSTO x SEGURANÇA

“A cada pequeno evento que eu lembrar ou for lembrado, vou repartindo esta experiência com você.”

Conversando com o Eng.Ricardo Silva Telles, foi lembrada uma passagem que envolve um grande susto e ao mesmo tempo, a segurança.

Ricardo foi convidado para participar de um churrasco de confraternização, num final de ano, na cidade de Sergipe chamada Nossa Senhora do Socorro.

De repente, o Zé Montanha (imagine o porte deste gigante), se levantou no meio de todos e olhando para o Ricardo falou que mesmo depois de 5 anos, queria ajustar as contas de uma ocorrência na Fábrica da Paraíba. Não precisa dizer a tensão gerada para todos, pois ninguém sabia o que o gigante ia fazer.

Calmamente lembrou que em uma ocasião, na fábrica da Paraíba, ele estava fazendo uma limpeza do material derramado no piso, próximo ao rolo de retorno de um transportador de correia. O Ricardo chamou-o para um lado e falou para ele parar imediatamente aquela atividade, pois ele tem um cunhado que perdeu o braço exatamente numa operação como aquela. O Zé Montanha ainda quis continuar a cumprir a ordem de sua chefia, mas o Ricardo conseguiu convencê-lo para parar a atividade imediatamente. Só foi retomada, quando o transportador foi paralisado, mesmo que com grande prejuízo operacional.

Além do alívio geral, foi uma lição aprendida por muita gente daquela fábrica e de outras do grupo.

Segurança é inegociável. ACIDENTE ZERO deve ser o objetivo de todos.

Algumas perguntas ficam no ar:

  • Será que você teria tomado atitude semelhante em sua empresa?
  • Que fazer para que atitude como essa possa ser um hábito e não exceção?
  • Para você que nos acompanha, amanhã publicaremos mais um episódio: “Pé Fundido”. Conte conosco e com o IBC se o assunto for aumento de competitividade.