SUJAR DE GRAXA

VIRANDO A PRÓPRIA MESA – Episódio 13

Virando a própria mesa: Ricardo Semler

Sujar de graxa

Vou lançar três frases que parece não terem nenhuma ligação entre si. Mas aí vai o primeiro desafio. Você concorda ou tem outra opinião?

Após cada uma, vou fazer um pequeno comentário para apimentar nossa conversa. Mas o que eu escrever, é minha opinião, que também pode concordar ou não. Continuamos lhe ouvindo.

  • A mudança começa em casa mesmo. Mas não é necessário dar uma de santinho. É só saber que sua empresa está melhorando ano a ano. O que interessa é a tendência e a seriedade de propósito – pág.125
    • Duas lições principais eu tiro desta frase: a) Não adianta querer mudar o mundo, se não tiver o mundo que está sob seu comando direto, em ordem. Fica fácil dar palpite, mas se não fizer o que fala, já não tem crédito; b) O que importa não é só fazer uma grande mudança uma vez por ano. Isso é pouco. Se a cada dia que passa, tiver introduzido uma pequena melhoria e em todos os 365 dias do ano, pode saber que fez uma revolução de grandes proporções que fazem a diferença. Pense agora se cada uma das pessoas que trabalham com você fizer o mesmo? Você pode imaginar o que é isso como resultado global? A filosofia a ser empregada, dentre outras, é o KAIZEN – Melhoria Contínua
  • Não é possível engraxar sem sujar de graxa – pág.126
    • Aqui o sentido é figurativo. Mas se você procede de maneira escusa, mesmo que ocasionalmente, perdeu toda a credibilidade. Será como um eremita no deserto. Ninguém vai acreditar em você.
  • Ética não é uma coisa que pode ser ensinada – pág.126
    • Aqui eu discordo. Acredito que se aprende desde quando ainda é muito pequeno, principalmente com os bons exemplos que você vê serem praticados por todos ao seu redor. Vai por osmose aprendendo e incorporando. E a cada nova ação e por toda a vida, pode fazer uma auto avaliação antes de tomá-la, para saber se é ético. Já fui rotariano e ainda incorporo muito do que aprendi durante muitos anos, com meus companheiros rotários. Transcrevo um dos princípios do código de conduta rotário: Agir com integridade e seguir altos padrões éticos em minha vida pessoal e profissional”.

Espero que este nosso “papo”, possa ter sido útil e esperamos seu contato se quiser falar sobre isso e o que nós poderemos fazer para você ou sua empresa, nesse campo de atuação.