Uso correto do e-mail

A grande maioria das empresas encontra sérios problemas com suas equipes desperdiçando muito tempo e recursos no uso inadequado do e-mail. Além destes problemas, existem situações em que o clima organizacional fica muito acirrado, por brigas internas sobre a utilização, durante o expediente, dos recursos que são disponibilizados aos seus colaboradores, e que acabam sendo utilizados com pornografia, armazenamento de dados pessoais, coleção de fotos inadequadas, etc.

Quando perguntamos se todos os usuários foram treinados sobre o uso correto destes recursos, a resposta invariavelmente é negativa. Se não há treinamento, é que ou se considera previamente que todos sabem as regras (magicamente) ou isto não é importante.

Quando há uma cobrança mais forte, ou pior ainda, uma demanda judicial, todo mundo fica tentando encontrar os culpados por aquela situação e, perdoem-me a forte expressão, figuram como baratas tontas dentro da empresa, sem perceber uma verdade inabalável: já é muito tarde, já houve desperdício acentuado de tempo, além de elevados custos, e uma piora no clima organizacional, agora difícil, dificílima de sanar.

O IBC – Instituto Brasileiro para a Competitividade – já tem, desenvolvido, um treinamento padrão sobre o “uso correto do e-mail, dentro do enfoque de redução de tempo e de custos desperdiçados, visando um aumento de competitividade, que é palavra chave para qualquer organização que se quer atuante neste século XXI.

Dentre outros temas, abordamos:  Que é o e-mail?; Para que serve?; Como se usa?; Uso eficaz; Cuidado na escrita na empresa e de e-mails pessoais; Comunicação correta e  Custo do e-mail.
Além destes itens, foram desenvolvidos exercícios práticos, reflexões, apresentados e desenvolvidos vídeos, disponibilizados vários artigos para incrementar o conhecimento, indicado uma bibliografia básica, feitos alguns feedbacks para verificação da retenção do conhecimento, estudos de casos e espaços reservados para relatos de experiências especiais.

Durante este desenvolvimento, foi observado que os ganhos excederam a redução de tempo e de custos. Também são ganhos importantes a destacar: a) velocidade e qualidade no treinamento de novos colaboradores; b) equalizador do conhecimento e uso; c) redutor de possíveis atritos trabalhistas; d) melhoria de qualidade de vida no trabalho; e) otimização do relacionamento interpessoal; f) minimizador de stress; g) racionalização de espaços de memória; h) padronização do conhecimento, dentre tantos outros.

Querendo que sua empresa seja eficaz no “uso correto do e-mail”, ou qualquer outra ferramenta de gestão para aumento de competitividade, nos consulte. Não desperdice tempo e dinheiro, que estão cada vez mais escassos em nossa contemporaneidade. O IBC é o seu diferencial.